O Que é Gordura Saturada? Faz mal? Engorda? [Mitos Desvendados]

Você sabe o que é gordura saturada? Provavelmente já ouviu falar que faz mal, que traz problemas para o coração e para o corpo não é mesmo? E se tudo isso for um grande engano da literatura médica de tempos atrás?

E se eu te falar que é possível emagrecer e ainda melhorar o seu quadro de saúde, comendo bacon? Parece bom demais para ser verdade?

Acompanhe esse artigo comigo pelos próximos minutos que você já vai entender que é SIM muito possível e melhor ainda, muito saboroso!

Índice do conteúdo sobre gordura saturada:

Carne - Gordura Saturada
Carne – Gordura Saturada

Introdução – Gordura Saturada

Durante grande parte da minha vida eu fui instigado a acreditar que não se deve comer muita gordura saturada, que não se devia comer mais do que 2 ovos por semana, pois caso contrário, eu iria acabar com a minha saúde, o meu colesterol iria aumentar entre outras balelas que ouvimos por aí.

Hoje, já faz mais do que dois anos que eu como ovos com azeite e muitas vezes com bacon, praticamente todos os dias e o meu quadro de saúde nunca esteve melhor, o meu colesterol está em níveis saudáveis e nada de ruim me aconteceu por consequência disso, ao contrário, só me ajudou a emagrecer, a melhorar minha saúde, acabar com a compulsão alimentar entre outros problemas que você verá no decorrer do texto.

Gordura Saturada faz mal ao coração?

Toda essa história de que a gordura saturada faz mal começou quando um pesquisador chamado Ancel Keys publicou um estudo onde dizia que o consumo de gorduras saturadas e colesterol estavam diretamente relacionados com problemas do coração, onde este foi chamado de “Hipótese Lipídica” ou também como “The 7 Countries Study”.

O estudo teve uma duração de quase 40 anos, tendo início em 1958, intitulado de “The Seven Countries Study”, já que a maior parte da pesquisa foi realizada em 7 países diferentes, onde este relacionava o tipo de alimentação de cada país e a consequência destes sobre a saúde da população nativa.

 Um dos grandes problemas do estudo, em minha opinião, foi que este se realizou em países selecionados a dedo, de forma a influenciar os resultados da pesquisa em relação ao que se acreditava na época, já que diversos países onde o consumo de gordura saturada é alto e as taxas de doenças coronárias são baixas como Noruega e Holanda foram deixados de fora da pesquisa, sendo que outros países onde o consumo de gordura saturada é baixo e o índice de doenças cardíacas é alto, como o Chile por exemplo, também ficaram de fora das pesquisas.

Um segundo ponto a ser destacado em relação à pesquisa de Ancel Keys foi que o estudo teve como fundamento de pesquisa apenas a relação observacional, de maneira resumida, foi levantado a hipótese de que a gordura saturada faria mal para a saúde de forma isolada, sem levar em consideração outros fatores fundamentais para que se pudesse afirmar tal consequência, como por exemplo, pessoas que consumiam muito carboidratos, refinados ou não, em conjunto com as gorduras saturadas, pessoas fumantes ou não, pessoas que ingeriam quantidades abusivas de álcool, frituras e etc.

Não é difícil para ninguém deduzir que a saúde de um indivíduo se dá por um conjunto de fatores e não apenas por um hábito ou uma prática isolada, como por exemplo, se a pessoa pratica ou não atividade física, toma medicamentos, realiza refeições balanceadas com variedades de legumes e folhas e etc.

O estudo obteve uma grande repercussão no mundo todo. Com um assunto polêmico e um estudo desse porte, a relação entre gordura saturada e problemas do coração persistiu durante anos, somando ainda o fato de que para se desenvolver novos estudos que pudessem afirmar outras teorias seria necessário um grande investimento. O que aconteceu anos depois, com a realização de novos estudos que confirmaram o contrário do que acreditava Ancel Keys.

COMPROVAÇÃO DE QUE A GORDURA SATURADA NUNCA FEZ MAL A SAÚDE!

Durante a existência da humanidade, o homem sem alimentava em grande parte de gorduras saturadas. Pense sobre a era paleolítica, a base da alimentação era a caça de animais, a pesca e colheita de frutos silvestres quando encontrados, tais alimentos ricos em gorduras saturadas, com exceção das frutas, apesar de algumas ainda apresentarem quantidades de gorduras monoinsaturadas como o abacate e o avocado, que também são benéficas a saúde.

Gordura Saturada Faz Bem
Gordura Saturada Faz Bem

O próprio leite materno com sua composição específica, apresenta grandes quantidades de gorduras saturadas e monoinsaturadas, além de que alimentos que acompanham a alimentação humana a muito tempo também são ricos em gorduras saturadas, como as carnes, o coco, a manteiga, entre outros alimentos.

Para que você tenha uma maior certeza em relação ao consumo de gorduras saturadas, recentemente em 2015, um dos jornais de medicina mais respeitados do mundo, o renomado “British Journal Of Medicine” realizou uma meta-análise sobre gorduras saturadas, que nada mais é do que uma revisão de um montante de artigos e estudos sobre determinado assunto para chegar em uma única conclusão a respeito dos mesmos. A conclusão em que eles chegaram foi de que gorduras saturadas não estão associadas com mortes de todas as causas, incluindo doenças cardiovasculares, infarto ou diabetes tipo 2, entretanto, a evidencia é heterogênea devida as próprias limitações das metodologias aplicadas.

Mais à frente em 2016, o mesmo jornal realizou uma nova revisão sobre o assunto, só que dessa vez com um nível mais alto de comprovação, na forma de ensaios clínicos randomizados, que é a forma mais aceita e respeitada para se comprovar qualquer evidência científica estudada.

 O estudo foi conduzido com mais de 9 mil homens e mulheres que participaram da pesquisa, onde grupos de pessoas substituíram a gordura saturada (banha de porco, manteiga, óleo de coco e etc.) da alimentação por gorduras poli-insaturadas como margarinas e óleos vegetais (milho, canola, soja e etc.) e um outro grupo se manteve comendo gorduras saturadas.

 A conclusão que eles chegaram foi de que o grupo de pessoas que substituiu as gorduras saturadas pelas poli-insaturadas reduziram consideravelmente o colesterol no sangue em comparação com o grupo que continuou comendo as gorduras saturas, no entanto, as análises mostram que não existe benefício algum em relação a mortalidade com estes resultados, muito pelo contrário, eles ainda constataram um aumento de 22% do risco de morte para cada 30mg/dl de redução do colesterol sanguíneo, ou seja, quanto mais baixo o colesterol sanguíneo maiores as chances de mortes por todas as causas, inclusive aterosclerose e infarto do miocárdio.

Um outro estudo de peso, considerado um dos maiores estudos epidemiológicos sobre o assunto, que constatou benefícios a saúde em relação ao consumo de gordura saturada foi um realizado em Framingham – Massachusetts, conduzido pelo pesquisador William Castelli de Harvard, com mais de 5 mil pessoas, onde este afirmou que quanto maior a ingestão de gorduras saturadas e colesterol pelas pessoas do estudo, menos pesavam as pessoas e mais ativas elas eram.

bannerPortal

O que é a Gordura Saturada?

As gorduras saturadas são aquelas de origem animal e alguns poucos vegetais (monoinsaturadas), ricas em ácidos graxos (lipídeos) sem insaturação (duplas ligações) em sua estrutura carbônica, fato que confere estabilidade a molécula, o que a torna tão benéfica a saúde humana, pois diferente das gorduras insaturadas (óleos vegetais) estas não conseguem se “transformar” em gordura trans.

Colocado de maneira mais simples, as gorduras saturadas não possuem “brechas” em sua estrutura, o que não confere a esta a capacidade para se transformar em gordura trans, que como nós sabemos, é prejudicial a nossa saúde.

Já as gorduras ou óleos insaturados apresentam pontos específicos em sua estrutura (duplas ligações) que podem sofrer algumas reações físico-químicas e se transformar em gorduras trans.

Não vou me prender muito a isso, pois seria necessário um certo conhecimento sobre a composição e as possíveis reações que as gorduras podem sofrer para que você tivesse um melhor entendimento.

Benefícios da Gordura Saturada

  1. GORDURAS SATURADAS PODEM DIMINUIR OS RISCOS DE AVC.

O Acidente Vascular Cerebral (AVC) é uma das causas mais comuns de morte nos países ocidentais. Há estudos que comprovam que o consumo de gorduras saturadas está diretamente associado a um menor risco de acidente vascular cerebral.

Gordura Saturada - Benefícios
Gordura Saturada – Benefícios
  1. GORDURAS SATURADAS SÃO ÓTIMAS PARA A COZINHA!

As gorduras saturadas são termodinamicamente mais estáveis a altas temperaturas e com isso são menos propensas a reagirem a oxigênio durante a cocção dos alimentos, diferente das gorduras insaturadas (principalmente as poli-insaturadas), que são cheias de duplas ligações em sua estrutura sendo susceptíveis a ação do oxigênio, formando compostos tóxicos ao organismo. Por isso uma mudança simples que já irá trazer bons resultados a saúde, é a troca dos óleos vegetais (canola, milho, soja) por banha de porco, manteiga ou óleo de coco para preparar os alimentos.

  1. AJUDA A PERDER GORDURA CORPORAL.

O medo de ingerir gorduras entre as pessoas que querem emagrecer está associado a teorias errôneas que relacionam o consumo de gordura com uma maior facilidade para o acúmulo de gordura. No entanto, as gorduras que trazem efeitos negativos ao corpo e facilitam o acúmulo de gordura são as poli-insaturadas, como já comentado anteriormente.

Estas (poli-insaturadas) estão diretamente relacionadas com a inflamação crônica do organismo, sendo apontada como um dos principais fatores de risco, em conjunto com o consumo de carboidratos “pobres”, o tabagismo, o consumo excessivo de álcool e o sedentarismo.

Esse processo inflamatório causa um verdadeiro estrago no corpo como um todo, propiciando praticamente todos os tipos de doenças, inclusive doenças cardíacas, câncer e diabetes, além de ocasionar uma verdadeira bagunça na produção normal de hormônios e favorecer o ganho de peso e gordura corporal.

Já as gorduras saturadas nos disponibilizam energia de qualidade e duradoura, fazendo com que ficamos saciados por muito mais tempo, diminuindo aquela compulsão por comer toda hora, nos favorecendo a perder peso com muito mais tranquilidade.

  1. ALIMENTOS RICOS EM GORDURAS BOAS SÃO NUTRITIVOS.

A grande parte dos alimentos ricos em gorduras saturadas são também ricos em vitaminas, sais minerais e até mesmo alguns antioxidantes, como o ovo e as carnes em geral e alguns laticínios.

Sempre que possível, procure se alimentar de animais e seus derivados, daqueles que tiveram uma alimentação natural, como uma vaca que se alimenta de capim ao invés daquela que tem uma alimentação em ração. Esses animais apresentam uma maior saúde e consequentemente apresentam uma carne de maior qualidade.

  1. GORDURA SATURADA NÃO CAUSA DOENÇAS CARDÍACAS!

Como já mostrados nos estudos anteriores, não há nenhuma evidencia que relacione o consumo de gorduras saturadas com doenças cardíacas. Esse mito que perdurou durante muito tempo atrapalhou e ainda atrapalha a saúde de muitas pessoas.

  1. GORDURAS DE QUALIDADE AUMENTA O HDL.

O HDL (Lipoproteína de Baixa Densidade) é um tipo específico de composto essencial a vida, e uma de suas principais funções é carregar o colesterol a determinados órgãos como o fígado por exemplo, através da corrente sanguínea.

Hoje está mais do que comprovado que o consumo de gorduras saturadas auxilia o organismo a aumentar os níveis de HDL, sendo que este está associado a uma maior longevidade e menor riscos de doenças cardíacas.

bannerPortal

Alimentos ricos em Gorduras Saudáveis (Saturada ou Monoinsaturada)!

  1. CARNE DE PORCO.

As carnes em geral apresentam as proteínas de alto valor biológico, aquelas que o nosso organismo não consegue sintetizar (produzir), que favorecem a reconstrução do musculo, aumentam o metabolismo entre outros benefícios.

Estudos mostraram a relação da inclusão de bacon de forma moderada em uma alimentação, com a redução da pressão sanguínea ainda ajudando na metabolização de açúcar no sangue, ou seja, ajuda a diminuir a velocidade de absorção da glicose do sangue.

  1. MANTEIGA!

A manteiga de verdade (não margarina) apresenta uma composição rica em gorduras boas como ômega 3 e 6, que favorece o funcionamento do cérebro e da pele, além desta ser rica em vitaminas lipossolúveis, sais minerais importantes e antioxidantes, como o selênio não reativo.

Manteiga - Gordura Saturada
Manteiga – Gordura Saturada
  1. AZEITE EXTRAVIRGEM.

O azeite é rico em gorduras monoinsaturadas, tal componente que traz diversos benefícios a saúde do corpo e do coração, onde estudos comprovam a relação do consumo regular de azeite extra virgem com a diminuição da incidência de ataques cardíacos.

O nosso amigo também é rico em antioxidantes naturais, que auxiliam o organismo a combater a ação dos radicais livres, que são um dos principais responsáveis pela degradação das células do corpo (responsável pelo envelhecimento, má formação celular, entre outros), reafirmando então, os benefícios do consumo do azeite para a pele, cabelo, funcionamento do intestino entre outros benefícios.

Este ainda ajuda a manter saciedade por mais tempo, devido a suas gorduras, que geram bastante energia, com uma degradação mais lenta, fazendo com que o corpo absorva energia de forma gradual.

  1. BANHA DE PORCO (PARA COCÇÃO DO ALIEMNTO).

A banha de porco é rica em gordura saturada, que nos gera uma enorme sensação de saciedade, favorece a saúde do coração e ainda melhora a palatabilidade dos alimentos preparados com esta.

A banha de porco sempre foi utilizada para preparar a comida e os níveis de doenças cardíacas eram extremamente baixos, confirme com os seus avós o que eles utilizavam para refogar o arroz ou grelhar a carne.

Para que você tenha noção, o primeiro caso de infarto do miocárdio foi registrado em 1915 nos Estados Unidos, cerca de 3 anos após a introdução dos óleos vegetais na alimentação Norte americana e, os casos foram crescendo em conjunto com a adesão da população a esses óleos vegetais (canola, milho, soja e etc.), principalmente os hidrogenados, como a margarina por exemplo.

OBS:  os óleos vegetais não são os únicos alimentos que aumentam as chances de infarto e doenças cardíacas, porém, estão diretamente relacionados, segundo os estudos mais renomados do mundo no assunto.

  1. ÓLEO DE COCO.

Os benefícios do óleo de coco se estende a uma lista gigantesca. Este é rico em triglicerídeos de cadeia média (TCM), que são de fácil digestão, porém, de difícil armazenamento na forma de gordura pelo corpo, disponibilizando uma energia de qualidade para o organismo.

Esses TCM também melhoram a atividade do cérebro, trazendo benefícios a cognição, a memória e ainda ajuda a aumentar os níveis de HDL, um tipo específico de colesterol que está associado a uma maior longevidade e saúde do corpo como um todo.

Além das gorduras benéficas, o óleo de coco também é rico em antioxidantes e alguns componentes como o ácido láurico, que ajuda a melhorar o funcionamento do intestino e estimula o sistema imunológico.

  1. OMEGA 3.

Os ácidos graxos ômega-3 são considerados essenciais, pois o nosso corpo não consegue produzi-lo e com isso, precisamos adquirir através da dieta.

O nosso cérebro e o nosso coração adoram o ômega 3, pois ele fornece uma energia de qualidade e de fácil metabolização, com isso a sua lista de benefícios ao corpo é extremamente completa, já que este favorece a saúde destes dois órgãos tão importantes.

O ômega 3 também é considerado um dos melhores alimentos para auxiliar a perda de peso, já que é um gordura que gera energia duradoura, aumentando a saciedade e diminuindo então grande parte da compulsão alimentar.

Segue uma lista com alguns alimentos que contém o ômega 3:

  • – Peixes (Os melhores de mais fácil acesso são o salmão, a sardinha e o atum).
  • – Nozes.
  • – Linhaça (Marrom e dourada).
  • – Folhas verdes (Couve, agrião, espinafre e etc.).
  • – Óleo de peixe (Puro ou com adição de sais minerais).

Uma alimentação deve ser baseada sempre no equilíbrio e variação de nutrientes, com isso, ingira diversidade de legumes, carnes e folhas em conjunto com fontes de gordura saturada, para sempre absorver vitaminas e sais minerais variados, maneirando no álcool e praticando atividades físicas regularmente.

Conteúdos relacionados que você pode gostar:

Se você preferir um conteúdo bem mais aprofundado sobre emagrecimento saudável, eu recomendo fortemente que você assista à essa curta apresentação que eu gravei, explicando um pouco melhor a minha história de vida e sobre o novo método que eu criei e já destravou o metabolismo de mais de 17 mil mulheres em todo o Brasil, permitindo que elas voltem usar as roupas que elas mais amam, clique aqui para assistir a apresentação ou na imagem abaixo.

bannerPortal

Espero que esse conteúdo possa te orientar e favorecer a sua saúde de alguma maneira.

Deixe um comentário logo abaixo, falando se você já sabia tudo isso sobre a gordura saturada ou se eu consegui agregar valor ao seu dia 🙂

Um grande abraço.

Gustavo Silva. =)

FONTES DE PESQUISA:

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha com a imagem abaixo * TimLimite de tentativas alcançadas