Menopausa – Veja 5 Dicas Testadas Para Viver Melhor Com a Menopausa

Estudioso publica artigo gratuito sobre o que é a menopausa, sintomas, alimentação recomendada e 5 dicas testadas para viver melhor nessa fase da vida.

Muitas mulheres sofrem psicologicamente com a chegada da famosa menopausa, por se sentir “menos mulher” ou pelos calorões e mudanças repentinas de humor.

Se você está próxima ou já entrou nessa fase, fique tranquila que você pode levar uma vida completamente normal e saudável, sem contar o fato de poder aproveitar com mais tranquilidade a vida, seja por se livrar dos “vazamentos mensais” que geram desconforto ou pela liberdade que essa idade proporciona.

Saiba que existem diversos tratamentos naturais que tem tornado essa fase incomoda do amadurecimento das mulheres, em um estágio realmente transformador e libertador para aquelas que se propõem a implementar alguns simples hábitos.

Acompanhe esse artigo pelos próximos minutinhos que você irá entender o que é a menopausa, quais os sintomas, os tratamentos e as melhores hábitos, alimentos para o pré, durante e o pós menopausa.

O Que é Menopausa
O Que é Menopausa

O QUE É A MENOPAUSA?

De forma geral, a menopausa é o período que se dá após a última menstruação espontânea da mulher, que tem como característica o encerramento dos ciclos menstruais e de ovulação.

A menopausa só pode ser confirmada de fato após um ano do último fluxo menstrual, pois durante esse intervalo de tempo, a mulher pode ainda, ocasionalmente menstruar.

Esse período entre a última menstruação e o início propriamente dito da menopausa é caracterizado como “climatério”. É quando a mulher passa da fase reprodutiva para a fase não reprodutiva.

Isso acontece devido ao corpo da mulher diminuir de forma acentuada a sua produção de estrogênio e progesterona, hormônios sexuais característicos expelidos pelos ovários, que são um dos pontos que fazem com que a mulher tenha sua fisiologia diferente da dos homens.

Assim como a primeira menstruação, a menopausa é uma fase natural no ciclo de vida da mulher e, da mesma forma, ocasiona transformações no corpo, tanto fisiológicas quanto psicológicas que aparecem devido a alteração da modulação hormonal.

Não existe uma idade exata para que a menopausa chegue, mas de forma geral, ela tende a aparecer nas mulheres entre 45 e 55 anos de idade, podendo essa fase da vida ser adiantada ou adiada de forma espontânea ou cirúrgica.

SINTOMAS DA MENOPAUSA

Como as mulheres levam estilos de vida diferentes, que incluem alimentação, prática de atividade física, estresse entre outros fatores de forma diferente em suas vidas, pode ser que algumas mulheres sintam alguns sintomas com maior ou menor intensidade do que outras, no entanto, alguns sintomas de indicação para a entrada na menopausa se tornam de certa forma, comum.

Durante o período de entrada na menopausa (climatério) algumas mulheres tendem a sentir alguns sintomas mais comuns desse período da vida feminina, sendo que como já mencionado, podem ter intensidades diferentes em diferentes mulheres.

Entre os sintomas clássicos tanto físicos quanto comportamentais alguns se destacam, tais como:

– Ausência do fluxo menstrual.

– Ondas de calor (calor excessivo) e atinge cerca de 75% das mulheres em menopausa ou climatério.

– Aumento de suor (principalmente durante a noite, devido ao aumento da temperatura corporal).

– Ressecamento da região íntima.

– Insônia.

– Diminuição do desejo ou apetite sexual.

– Diminuição da atenção e memória.

– Alterações de peso e distribuição da gordura corporal.

– Perda de massa óssea (osteoporose).

– Oscilações de humor, incluindo irritabilidade, ansiedade e até diminuição da autoestima.

– Aumento ou diminuição do apetite.

– Pele seca e cabelos mais finos.

– Ganho de gordura abdominal.

– Aumento da vontade de urinar.

– Diminuição do tamanho dos seios.

– Alterações internas (útero, ovários e cérvix).

– Aumento do risco de doenças cardiovasculares.

– Aumento no risco de depressão.

Sintomas da Menopausa - Estresse
Sintomas da Menopausa – Estresse

EXAMES DE MENOPAUSA

Após o início do climatério e durante os primeiros meses da menopausa é importante seguir com o acompanhamento do seu ginecologista para que ele verifique a intensidade em que os seus sintomas podem aparecer e manter as suas taxas hormonais controladas através da alimentação e caso seja preciso, através de suplementação.

Caso você não tenha nenhum agravamento de saúde, uma visita semestral pode ser o suficiente para verificar se está tudo em ordem, no entanto, você só saberá a frequência em que precisará fazer suas consultas será com o consenso do seu médico.

Existem alguns exames que podem diagnosticar com precisão se você de fato iniciou o seu período de climatério ou não. Os mais simples são os que avaliam as taxas hormonais, como concentração de estrogênio e progesterona.

Existem algumas mulheres que trabalham tão bem a sua saúde física e mental que passam por grande parte dos sintomas de forma despercebida, com isso, se atente a alguns alimentos e hábitos que serão aqui apresentados, que podem auxiliá-la nesse período para que você tenha qualidade de vida mesmo nesse período de sua vida.

Em relação a reposições hormonais, nem toda mulher precisa passar pelo tratamento. Mais uma vez será o seu médico que lhe orientará se esse for o seu caso. Com isso, aconselho que caso tenha sentido algum dos sintomas mostrados no tópico anterior, para que procure o seu médico, para que assim, você possa manter sua saúde antes mesmo que alguma complicação possa aparecer.

ALIMENTAÇÃO PRÉ, DURANTE E PÓS MENOPAUSA

Um dos fatores que mais influenciam o nosso bem-estar é a alimentação, uma vez que ela está diretamente ligada ao funcionamento do nosso corpo e de nossa mente, desde nossa disposição até combate a doenças.

Por isso, nessa fase natural da vida da mulher é importante se atentar a alguns hábitos e alimentos que podem reduzir ou até mesmo zerar alguns sintomas nesse período, auxiliando no controle do humor e dos sintomas em geral.

Para qualquer mulher no período de climatério ou na menopausa em si, alguns pontos na alimentação podem fazer toda a diferença durante essa fase, antes e depois desse período.

Deixo abaixo uma lista de alimentos que auxiliam a saúde como um todo e que traz melhora desde as taxas hormonais até os sintomas psicológicos, como ansiedade e compulsão alimentar.

Fibras: As fibras auxiliam a saúde do intestino e fazem uma verdadeira limpeza de toxinas do organismo que já traz benefícios por si só. Ainda mais o bom funcionamento do intestino está relacionada a taxas hormonais mais controladas, o que ajuda de forma significativa durante essa fase da vida da mulher.

bannerPortal

– Ferro: As mulheres do nosso país de uma forma geral, apresentam certa deficiência de ferro, mineral extremamente importante para o bom funcionamento do corpo, e nessa fase, não seria diferente. Com isso, ingira alimentos ricos neste componente, como carnes vermelhas, aves, peixes, vegetais verde escuros, vegetais folhosos, nozes, sementes e castanhas, além de ovos e fígado de boi que são umas das melhores fontes.

– Alimentos ricos em Vitamina D: Durante o período da menopausa as mulheres precisam e atentar ainda mais as concentrações de vitamina D no organismo, uma vez que esse composto auxilia o corpo a não perder cálcio dos ossos, e como nesse período essa caraterística é acentuada, se faz necessário aumentar a produção de vitamina D em seu corpo. Alimentos como peixes ou até mesmo uma suplementação controlada (procure o seu médico para isso).

– Cálcio: O cálcio é extremamente importante nessa fase, uma vez que a perda óssea se torna elevada. Alimentos fermentados como o kefir e iogurtes, peixe, brócolis e leguminosas apresentam boas quantidades. É importante lembrar que nem todo alimento que apresenta cálcio, tem ele de forma disponível para que o nosso corpo absorva e, muitas vezes alimentos intitulados ricos em cálcio como o leite por exemplo, não o disponibiliza para manutenção do cálcio no organismo.

Linhaça: Um alimento rico em fibras e ômega-3, que ajuda na desintoxicação do organismo, constipação e bom funcionamento do organismo, além de conter compostos semelhantes ao estrogênio, que podem auxiliam da desestabilidade hormonal que ocorre durante essa fase.

– Ovos: Um dos alimentos mais completos do mundo, que fornece vitamina D, nutrientes que mantem a boa nutrição do corpo e auxilia a saúde óssea.

– Frutas: As frutas são ricas em vitaminas e antioxidantes naturais, que auxiliam o organismo a combater radicais livres, além de serem rica em fibras e água em sua grande maioria.

– Fígado (boi/galinha): Um alimento riquíssimo em sais minerais importante e vitaminas do complexo B, além de ferro e gorduras boas, sendo altamente recomendável durante essa fase da mulher. Uma vez por semana pode trazer ótimos resultados.

– Nozes e amêndoas: Estas são ótimas fontes de gorduras boas, que auxilia contra os efeitos de ressecamento que menopausa pode gerar, além de serem ricos em sais minerais importantes nessa fase.

– Proteínas (fonte animal principalmente): Os alimentos proteicos naturais são ricos em vitaminas do complexo B que são essenciais para a saúde de qualquer indivíduo, além de gerarem energia de qualidade auxiliando contra alterações de humor, além de estarem associadas a estabilização da glicose no sangue, o que pode ser muito benéfico também para a estabilização hormonal.

COMO REDUZIR OS SINTOMAS DA MENOPAUSA? 5 DICAS TESTADAS!

Em conjunto com os alimentos que auxiliam a saúde da mulher antes, durante e depois da menopausa entram alguns hábitos que devem ser levados em consideração para reduzir os sintomas e melhor a qualidade de vida. Deixo abaixo alguns hábitos que vão ajudar.

  1. MANTENHA O PESO SAUDÁVEL.

É muito comum ver algumas mulheres engordando quando entram nesse período de suas vidas, o que é completamente compreensível, uma vez que existe alterações hormonais e de humor que pode favorecer o consumo de alimentos que nos fazem ganhar peso.

Manter uma alimentação balanceada, implementando os alimentos apresentados no tópico anterior além de auxiliar contra os sintomas também são alimentos que propiciam a boa forma física, auxiliando contra o ganho de peso.

Os estudos mostram que mulheres na menopausa em seu peso normal apresentam sintomas mais amenos do que mulheres que apresentam sobrepeso ou obesidade. Com isso, você já tem mais um motivo para ingerir bons alimentos, como os citados acima.

bannerPortal

  1. AUMENTE SUA VITAMINA D.

Como você viu em nossa lista, alguns dos alimentos são ricos em vitamina D, que na verdade é um hormônio importante, precursor de substâncias essenciais ao nosso organismo. É um dos grandes combatentes da perda de cálcio pelos ossos, fator que é acentuado durante a menopausa.

Uma forma simples de aumentar sua vitamina D de forma natural, é tomar sol. Em nosso existem algumas substâncias capazes de utilizar a luz solar como componente para produzir vitamina D.

Procure aderir o hábito de tomar um pouco de sol todos os dias para manter os níveis de vitamina D bem-estáveis, evitando problemas de descalcificação ou perda de massa óssea.

  1. PRATIQUE ATIVIDADE FÍSICA DE FORMA REGULAR.

O exercício físico é uma ótima forma de manter o peso saudável, fator importante não só para essa fase da menopausa, mas para a vida toda.

Ao praticar atividades físicas, você melhora a utilização de energia do corpo, melhora a sua saúde física e mental, melhora o sono, auxilia as suas articulações e formações ósseas, além de diminuir o estresse e relaxar o corpo.

Procure se exercitar de forma regular, pelo menos 20 minutos ao dia. Se você não possui esse hábito, comece com poucas vezes na semana e vá aumentando o número de vezes e o tempo de exercício, você notará melhoras extremamente significativas nos sintomas e também em sua saúde.

Atividade Física para Menopausa
Atividade Física para Menopausa
  1. INGIRA BASTANTE ÁGUA.

Não é espanto para ninguém que devemos sempre nos manter hidratados, uma vez que a água participa de diversas funções em nosso organismo. Uma forma simples de saber quanto de água diariamente você deve ingerir é multiplicar o seu peso por 40mL de água. Se você pesa 60kg, precisaria ingerir 2,4L (40mL x 60) de água por dia para se manter altamente hidratada.

  1. EVITE ALIMENTOS INTOXICANTES.

Os alimentos processados de uma forma geral são cheios de compostos artificiais que intoxicam nosso organismo e prejudica o seu funcionamento normal, desde o funcionamento do intestino até desestabilidade hormonal. Com isso, diminua os fastfoods e comidas processadas, como macarrão instantâneo, salgadinhos, sorvetes, biscoitos, bolachas e etc.

Evitar alimentos açucarados também ajuda durante a menopausa. Os picos de glicose ocasionados por esses alimentos ajudam a desestabilizar as suas taxas hormonais, o que pode prejudicar tanto no ganho de peso, quanto no controle de ansiedade, humor e etc.

bannerPortal

Gostou do artigo sobre menopausa? Deixe o comentário abaixo com a sua opinião, vou ficar muito feliz em ler o seu comentário. 🙂

Forte abraço.

Gustavo Silva

FONTES DE PESQUISA:

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha com a imagem abaixo * TimLimite de tentativas alcançadas