Manteiga ou Margarina? O que Você Deve Comer?

Hoje em dia gera-se muita polemica ao redor das gorduras, e no artigo de hoje que falar um pouco do que é melhor comer: manteiga ou margarina?

Manteiga ou margarina o que comer?

Atualmente já se sabe que existem as gorduras que nos fazem bem e as que nos fazem mal, e eu te digo: a margarina é um dos piores produtos que você pode levar para a sua casa! Você concorda comigo? Gostaria de saber, antes de consumir esse artigo, qual você mais consome: manteiga ou margarina?

A ciência vem sempre se inovando e a concepção de saudável já mudou de lado muitas vezes, o que era saudável ontem, pode não ser hoje e vice-versa.

Veja o ovo por exemplo, a alguns anos atrás era considerado um vilão, por apresentar altas concentrações de colesterol, assim como a manteiga, por serem de origem animal, e hoje já se sabe que o ovo é um dos alimentados mais nutritivos e saudáveis que você pode ter em sua alimentação.

Manteiga ou Margarina: Qual a Diferença?

A diferença entre as duas começa logo na forma de obtenção de cada uma delas, onde a manteiga é de origem animal, rica em vitaminas, colesterol e pigmentos, como o caroteno e já a margarina é de origem vegetal, rica em gorduras insaturadas que sofreram um processo de hidrogenação, ou seja, a gordura trans.

Acreditava-se que a manteiga devia ser evitada devido a sua alta concentração de colesterol, pois também acreditava-se erroneamente que o colesterol era o grande responsável pelo crescente número de infartos e ataques cardíacos. Hoje já se sabe que o colesterol não é nem de longe  um problema para o coração, muito pelo contrário, é um forte aliado.

jejum-intermitente-passo-a-passo

 

ENTENDA UM POUCO SOBRE O COLESTEROL

manteiga ou margarina

É importante lembrar que o colesterol no organismo é divido em dois grupos, os que beneficiam a nossa saúde e os que prejudicam a nossa saúde, que são o HDL e LDL respectivamente.

LDL é a sigla de Low Density Lipoproteins, que significa lipoproteínas de baixa densidade, também chamado de “mau colesterol”.

O LDL transporta o colesterol do fígado até às células dos tecidos e favorece o seu acúmulo nas paredes internas das artérias, diminuindo o fluxo do sangue, estando diretamente relacionado a doenças cardíacas.

HDL é a sigla de High Density Lipoproteins, que significa lipoproteínas de alta densidade, também conhecido como “bom colesterol”. O HDL é capaz de absorver os cristais de colesterol, que são depositados nas artérias, removendo-o das artérias e transportando-o de volta ao fígado para ser eliminado.

O HDL é chamado de “bom colesterol”, pois, uma vez que o indivíduo possui níveis elevados deste tipo de colesterol, ele pode se tornar benéfico, reduzindo o risco de doenças do coração.

O organismo humano é capaz de sintetizar (produzir) colesterol e, este também é encontrado em alimentos de origem animal, como a carne, o ovo, o leite e a manteiga, que favorecem a produção do HDL.

Antigamente  acreditava-se que como o organismo já produz colesterol nós não precisaríamos  complementar a a alimentação com mais colesterol, pois senão os índices no sangue aumentariam e  acarretariam em problemas cardiovasculares.

A grande questão é que o nosso corpo produz colesterol complementar ao da dieta, se a gente consumir colesterol, o corpo diminui a sua produção e se a gente não consumi-lo o organismo irá produzir o necessário, já que ele desempenha importantes funções sobre a nossa saúde, como o de ser precursor dos hormônios e de terem função sobre a estrutura das membranas celulares.

Então ao contrário do que se falavam os nossos avós, ingerir colesterol na dieta alem de não gerar problemas cardiovasculares, irá diminuir as concentrações deste no organismo, devido a esse balanceio que o corpo é capaz fazer, entre o que a gente come e o que ainda precisa ser produzido, deixando os níveis de colesterol sempre controlados.

jejum-intermitente-passo-a-passo

MANTEIGA OU MARGARINA: O QUE SÃO?

A manteiga nada mais é do que a nata do leite, batida até se transformar em uma emulsão cremosa, na qual predominam o colesterol e a gordura saturada (que nós já sabemos que estes dois são benéficos para a saúde) comum em alimentos de origem animal.

Já a margarina é obtida através de um processo  artificial nos óleos vegetais (soja, milho, canola e etc.) , chamado de hidrogenação, que foi desenvolvido coma finalidade de melhorar a consistência, o sabor e aumentar a vida útil dos produtos industrializados.

Esse processo de hidrogenação torna os óleos vegetais (gorduras insaturadas) em gordura trans, o qual não há dúvida que é prejudicial a saúde.

Essa gordura trans encontrada na margarina, elava o colesterol LDL (ruim), diferença da manteiga, que favorece a produção do colesterol HDL (bom) no organismo. Manteiga ou margarina?

AFINAL QUEM É O VILÃO: MANTEIGA OU MARGARINA?

Com isso, fica bem claro quem é o real vilão para a saúde do coração, coisa que não é tão difícil de deduzir já que a manteiga é um produto natural advindo do leite e a margarina um produto desenvolvido pelo homem, de origem vegetal.

Já a manteiga vem retomando o seu espaço, pois sua composição tem mostrado que ela pode beneficiar e muito a saúde humana, principalmente por ser fonte de vitamina A, D e E (antioxidantes e facilitadores da digestão de proteínas) e apresentar o ácido butírico, que tem influencia sobre a saúde do trato gastrointestinal e no metabolismo, ajudando também a prevenir artrite e osteoporose além dos benefícios que ela apresenta sobre a tireoide (responsável pela produção de alguns hormônios importantes).

MANTEIGA OU MARGARINA? VEJA OS BENEFÍCIOS DA MANTEIGA

  • PREVENÇÃO DA OBESIDADE

Depois de quebrarem os ideais de que a manteiga é rica em calorias e poderia ser prejudicial a saúde, novos estudos constatam que os produtos lácteos gordurosos como a manteiga está ligado a uma redução do risco de obesidade, pois diminuem as concentrações do colesterol ruim (LDL) e melhoram a atividade do HDL, considerado colesterol bom.

  • RICA EM ÁCIDO LINOLEICO

Nossa querida manteiga, proveniente de animas alimentados a pastos, é uma importante fonte de Ácido Linoléico, que apresenta efeitos auxiliares positivos sobre o emagrecimento, através da aceleração do metabolismo, contendo também, propriedades anti-cancerígenas.

  • RICA EM ANTIOXIDANTES

Rica em compostos antioxidantes, que ajudam a proteger danos contra as célula, através do combate aos radicais livres que tentam oxidar as células. Ajudando a evitar o enfraquecimento das artérias e nervos sem contar que retarda o envelhecimento e a auxilia na renovação celular.

PARA AUXILIAR

Como na vida tudo é um equilíbrio, o excesso de manteiga ou margarina pode ser prejudicial a sua saúde (principalmente a margarina), portanto procure sempre um meio termo, optando por refeições mais naturais, com alimentos o menos processados possível, fugindo sempre dos exageros.

Lembrando também, que mesmo que a manteiga seja saudável, ela é um alimento que vem sendo modificada pelo homem, através da adição de aditivos e conservantes, para aumentar a sua durabilidade e melhorar os atributos sensoriais, como aroma e sabor.

Se possível opte pelas manteigas artesanais ou caseiras pois estas apresentarão muito pouco ou até mesmo nada de agentes químicos, como os conservantes.

Agora gostaria de saber uma coisa sobre você.

Qual destes dois alimentos você consumia até ler este artigo? Manteiga ou Margarina?

Deixe um comentário abaixo.

Um grande abraço, Gustavo Silva =)

Caso queira conhecer meu novo curso de emagrecimento basta clicar na imagem abaixo.

Caso tenha gostado desse conteúdo sobre “Manteiga ou Margarina”, eu recomendo que você leia os seguintes artigos sobre emagrecimento saudável.

jejum-intermitente-passo-a-passo