Kefir – Para Que Serve? Veja 5 Benefícios Surpreendentes Para Saúde

Você sabe para que serve KEFIR? O que é? Benefícios e se emagrece? Veja tudo agora nesse guia absolutamente completo.

Ele é um alimento enriquecido com microrganismos benéficos que é rico em nutrientes, probióticos e que trazem ótimas melhoras para a digestão, funcionamento do intestino e apesar de ser chamado de “grãos de kefir” é um conjunto de microrganismos que são extremamente benéficos a saúde humana.

Para que serve Kefir?
Para que serve Kefir?

Nesse artigo você irá aprender sobre o Kefir:

O QUE É O KEFIR?

O kefir é um alimento fermentado que pode ser encontrado na forma sólida ou na forma de uma bebida, que já é utilizado pela população da Europa oriental e Ásia ocidental há muito tempo, devido ao seu altíssimo valor nutritivo e potencial na regulação do intestino e pode ser consumido desde adultos até crianças, de ambos os sexos.

O nosso intestino é responsável por diferentes funções e entre as principais delas está a absorção de nutrientes, manutenção do sistema imunológico e até mesmo participar da regulação hormonal do organismo.

A produção deste alimento fermentado se dá através dos microrganismos presentes no “grão de kefir”, conhecido também como cogumelos do iogurte, cogumelos tibetanos, fungo do iogurte entre vários outros nomes.

De forma resumida, a forma mais simples e fácil de se obter o kefir é através da fermentação do leite, sendo o leite de vaca, cabra e ovelha os mais comuns. No entanto existem algumas formulações onde também é possível se produzi-lo utilizando-se água. Daqui a pouco nesse artigo, eu vou te mostrar para que serve Kefir.

bannerPortal

COMPOSIÇÃO DO KEFIR.

Como o kefir não é um alimento que possui uma padronização específica, a sua composição pode haver uma certa variação de receita para receita de acordo com a base líquida (leite ou água) e o que é adicionado junto a bebida.

Existem estudos que mostram que esse alimento apresenta mais de 20 diferentes tipos de microrganismos, contendo cerca de 8 variedades de leveduras, 16 tipos de lactobacilos, 2 tipos de bactérias acéticas e mais de 8 microrganismos do tipo streptococci e lactococci, contendo diferentes tipos de vitaminas, sais minerais e aminoácidos listados a seguir:

– Ácido fólico.
– Ácido pantotênico.
– Vitaminas do complexo B (B, B3, B6, B13).
– Vitamina K.
– Carboidratos (reduzido).
– Proteínas.
– Gorduras boas.
– Cálcio.
– Fosforo.
– Magnésio.
– Potássio.
– Triptofano.
– Aminoácidos e outros compostos benéficos a saúde.

TIPOS DE KEFIR

Como comentado anteriormente, esse poderoso alimento pode ser produzido a partir do leite e da água, onde esse segundo foi desenvolvido com o intuito de se obter um alimento que possa ser ingerido por intolerantes a lactose, que são o grupo de pessoas que não possuem a capacidade de sintetizar a lactase com eficiência, que é a enzima responsável por metabolizar o principal carboidrato do leite, que é a lactose.

Apesar do líquido base para a produção do kefir possa variar entre os diferentes tipos do alimento, o processo de formação dos “grãos de kefir” e os benefícios são os mesmos para ambos os tipos (água e leite) e é extremamente essencial que estes contenham naturalmente açúcar ou ser adicionado para que as bactérias presentes tenham como obter energia e carbono para realizar a fermentação.

Quem segue uma alimentação com baixa ingestão de carboidratos pode ficar tranquilo, já que a maior parte dos carboidratos são consumidos no processo de fermentação, realizado principalmente por leveduras (tipo de microrganismo).

A boa notícia é que o preparo do kefir é muito simples e relativamente barato, já que os “grãos” podem ser reaproveitados inúmeras vezes se conservado adequadamente. Mais à frente você aprenderá como fazer o seu próprio kefir em casa.

1. KEFIR DE ÁGUA?

kefir-agua
Tipos de Kefir: água

Este tipo de kefir é comumente preparado com sucos de frutas, água de coco, água orgânica do açúcar. É importante saber que o preparo do kefir de água não pode ser feito com água apenas potável (água da torneira por exemplo), por esta apresentar cloro e flúor que podem inibir o crescimento dos microrganismos e não se obter o resultado esperado.

Este apresenta um sabor doce suave, porém, quanto maior o tempo de fermentação maior será o sabor ácido da bebida, isso devido a produção de ácidos que os microrganismos geram durante a fermentação. Geralmente é esperado um tempo de 12 a 24 horas de fermentação em temperatura ambiente, para o preparado com água.

2. KEFIR DE LEITE

kefir-leite
Tipos de Kefir: Leite

Já o kefir de leite possui geralmente uma cor branco leitosa com um sabor doce suave com uma acidez levemente acentuada, com uma aparência semelhante à da coalhada.

Este é preparado geralmente utilizando-se leite de vaca, ovelha ou cabra conjunto com os “grãos de kefir” e não é necessário a adição de fontes de açúcares, pois o próprio leite já é uma excelente fonte de crescimento para os microrganismos benéficos presentes.

Como nesse caso o substrato para o crescimento microbiano é o leite, pode haver uma variação no tempo de fermentação, sendo comum um tempo de 12 a 36 horas em temperatura ambiente.

OBS: Não se deve misturar os “grãos de kefir” de água com o de leite e vice-versa, isso pode ocasionar alguma alteração sobre o metabolismo dos microrganismos e acabar prejudicando o crescimento dos mesmos.

Para que Serve Kefir?

Agora que você já está conhecendo um pouco mais desse super alimento, pode ser que apareça a seguinte dúvida: Afinal, para que serve Kefir? Eu listei abaixo alguns dos principais benefícios do kefir para responder essa pergunta.

1. REDUZ INFLAMAÇÕES INTESTINAIS.

Com uma composição rica em nutrientes e probióticos o kefir propicia e beneficia a microbiota intestinal, sendo eficaz até mesmo sobre a síndrome do intestino irritável além de que cada vez mais estudos comprovam a relação do consumo desse probiótico com uma maior resistência do intestino contra inflamações.

Para que serve Kefir? 7 Benefícios
Para que serve Kefir? 7 Benefícios

2. FORTALECIMENTO DO SISTEMA IMUNOLÓGICO.

Candidíase, alergias e outras doenças oportunistas relacionadas ao sistema imunológico encontram maiores barreiras, já que o intestino é responsável de cerca de 80% do nosso sistema imunológico e o kefir além de ser rico em microrganismos que beneficiam a resistência do intestino ainda propicia um melhor crescimento da microbiota já existente.

3. REDUZ PROBLEMAS RESPIRATÓRIOS.

Há diversas pesquisas que comprovam os benefícios do kefir sobre o sistema respiratório humano, onde acredita-se que tais benefícios estão relacionados a sua composição extremamente completa, rica em nutrientes e probióticos extremamente importantes para a manutenção de um organismo saudável. Para que você tenha noção, um estudo publicado recentemente pelo jornal de base científica “Journal of Immunology” apresentou resultados positivos sobre indivíduos com asma e até mesmo alergias.

4. AUXILIA A SAÚDE DOS OSSOS.

Com uma composição completa, incluindo o cálcio, o kefir passou por uma série de estudos que constataram uma melhor absorção de sais minerais essências, refletindo efeitos positivo sobre os ossos e ainda sobre uma maior densidade óssea, podendo reduzir inclusive as chances de osteoporose.

5. MELHORA A SAÚDE DO ESTOMAGO.

Com potencial de neutralização de um pH ácido, o kefir é um forte aliado não apenas do estomago, mas do trato gastrointestinal como um todo, melhorando problemas como gastrite, refluxo e úlceras estomacais.

6. MELHORA A SAÚDE MENTAL.

Devido a presença de Triptofano em sua composição, o kefir estimula a produção de serotoninas e endorfinas no cérebro, tais substâncias estão relacionadas com o sentimento de prazer e felicidade, ajudado sobre depressões e ansiedade.

7. MANUTENÇÃO MUSCULAR.

Com um alto teor de proteínas, ele beneficia a saúde muscular, já que as proteínas são agentes fundamentais na reconstrução muscular. Além de que a composição específica do kefir melhora a absorção de glicose pelas células dos músculos, auxiliando sobre o rendimento físico e uma maior disposição para a prática de atividade física.

PARA QUE SERVE KEFIR? EMAGRECE?

Agora que você sabe para que serve kefir, eu quero te mostrar se ele pode te ajudar no processo de emagrecimento.

E a resposta é sim, os grãos de kefir ajudam também na redução de pesos e medidas, uma vez que eles apresentam uma composição extremamente nutritiva e ainda proporciona um alto nível de saciedade, diminuindo consequentemente a compulsão por comida. Mas não é só isso!

bannerPortal

Sendo um forte regenerador da flora intestinal, ele ajuda na digestão, facilitando a metabolização de gorduras, ainda proporcionando a eliminação de toxinas, trazendo também benefícios sobre uma boa estabilidade hormonal, facilitando a queima de gordura e dificultando o ganho de peso.

Contendo também boas concentrações de proteína, o kefir acelera o metabolismo, favorecendo novamente a queima de gordura e a desintoxicação.

Vale ressaltar que nenhum alimento sozinho faz milagre, nem mesmo esse super alimento e, um corpo saudável é o reflexo de um estilo de vida apoiado sobre os pilares da saúde, que são a ingestão de alimentos naturais e a prática de atividade física.

Contudo, o kefir é um excelente aliado de um corpo saudável já que traz diversos benefícios sobre a manutenção de peso, desintoxicação do corpo, do sistema imunológico e hormonal.

Se você está buscando um emagrecimento saudável e baseado em simples e deliciosos sucos detox, eu recomendo fortemente que você veja a curta apresentação que eu preparei, explicando como mulheres de todas as idades estão perdendo de 3 a 11kg em 30 dias sem passar fome e sem sofrimento.

COMO OBTER O KEFIR?

Já sabemos os tipos e para que serve kefir, agora vamos aprender como obter esse alimento. Os grãos de kefir são disponibilizados geralmente em casas de alimentos naturais e até mesmo em algumas farmácias de manipulação, isso varia muito de região para região.

Uma vez obtido é possível manter e cultivar o kefir por longos períodos, já que o crescimento de seus microrganismos não requer elevado conhecimento microbiano e é de custo relativamente barato.

No entanto, é necessário algum cuidado para que se mantenha os microrganismos saudáveis, segue algumas dicas a seguir:

1. Evite utilizar utensílios de metal ao trabalhar e armazenar os “grãos de kefir”, já que isso pode afetar a saúde dos microrganismos, procure utilizar os equipamentos de plástico ou vidro.

2. Durante a fermentação do kefir, seja em água ou leite, procure mantê-lo em temperatura ambiente, em torno de 25° C, que é um valor aproximado da temperatura ótima de crescimento dos microrganismos presentes no mesmo.

3. Não há preocupação em relação a deterioração do leite, já que os microrganismos são de rápida reprodução e não deixaram nutrientes e fontes de carbono suficientes para que outros tipos de microrganismos cresçam em conjunto.

4. Depois de utilizado os grãos de kefir para realizar a fermentação da água rica em compostos orgânicos ou do leite, armazene os seus “grãos” sobre refrigeração moderada (geladeira é o suficiente), uma vez que os microrganismos que o formulam são de rápido crescimento e aumentará de volume gradativamente.

5. Você pode deixar os seus “grãos de kefir” secarem e armazena-los fora da geladeira livre de oxigênio. Eles permaneceram em um estado de “dormência” por até um ano. Para avaliar a saúde do seu kefir, coloque uma pequena porção do mesmo e uma quantidade de água (sem cloro e flúor) com açúcar. Depois de aproximadamente 8 horas os microrganismos deveráão produzir um odor azedo, característico da produção de ácidos benéficos, como acético por exemplo.

COMO PRODUZIR O KEFIR?

Para se produzir o kefir é muito simples e é basicamente o mesmo processo para ambos os tipos.

Para que serve kefir? O que é Kefir?
Como produzir Kefir?

Para o kefir de água utilize água potável (sem cloro ou flúor, acrescido de “grãos de kefir” e açúcar, o mascavo tem mostrado bons resultados sobre o crescimento dos microrganismos.

Lembrando que caso opte por utilizar água de coco ou suco de frutas ou no caso do kefir de leite, não é necessário a adição de açúcares, uma vez que estes já apresentam carboidratos naturalmente.

Uma colher de sopa de “grãos de kefir” para cada 100ml de leite ou água. São valores em que os microrganismos se desenvolvem bem.

Sempre que for fermentar o kefir deixe-o em um frasco de vidro ou plástico com espaço para o oxigênio. Cerca de 1/5 do frasco deve ser reservado para o ar e os outros 4/5 para a mistura de kefir e líquido.

Ufa, estamos chegando ao final desse artigo sobre para que serve kefir e espero do fundo do coração que você tenha gostado e que essas informações sejam relevantes para a sua vida.

Como você chegou até aqui, acredito que a saúde é um tema muito importante para você, assim como é para mim, então quero compartilhar o meu melhor conteúdo sobre emagrecimento.

Depois de passar anos estudando eu criei um método que possibilitou pessoas da minha família, amigos e mais 17.434 mulheres em todo o Brasil a voltarem usar as roupas que elas mais amavam e que estavam escondidas no fundo do guarda-roupas.

E muitas delas relatam perder até 3kg em uma semana de forma saudável, sem passar fome e sem fazer exercícios, que é o caso da Aline, Josiane, Viviane e do Wesley e o mais importante, sem sofre com o efeito sanfona.

Clique Aqui para conhecer o Novo Método de Emagrecimento que está Secando as Mulheres e junte-se a nossa família.

bannerPortal

Deixe um comentário aqui embaixo se você gostou de saber para que serve Kefir, se você já conhecia esse alimento e se você vai começar consumir depois de ler esse artigo. Eu vou ficar muito feliz em te responder e ajudar no que for necessário.

Um Forte Abraço.

Gustavo Silva.

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha com a imagem abaixo * TimLimite de tentativas alcançadas