Veja Como Soltar o Intestino Preso com 3 Receitas Simples e Poderosas

Estudioso explica detalhadamente como soltar o intestino preso, o que comer, o que evitar e ainda passa 3 receitas bônus de sucos naturais para acabar com a prisão de ventre imediatamente.

Você sofre com intestino preso ou prisão de ventre e não aguenta mais esse incômodo? Não consegue fazer o número 2 todos os dias? Saiba que você pode se encaixar em um quadro de constipação intestinal que abrange a maior parte das mulheres no Brasil!

Você sabia que 2 a cada 3 mulheres sofrem de intestino preso?

Acompanhe este artigo comigo que você irá entender o que é intestino preso, as causas, os sintomas, como identifica-lo e, claro, as melhores formas naturais de solucionar esse problema que aflige tanto as mulheres e grande parte dos homens também.

O QUE É O INTESTINO PRESO?

Por definição, constipação, intestino preso ou prisão de ventre é caracterizado como a dificuldade de evacuar, por qualquer motivo, geralmente associadas a fezes rígidas e endurecidas.

O famoso intestino preso ou prisão de ventre é ocasionada principalmente por uma alimentação insuficiente de fibras alimentares, mas claro, existem outros aspectos que devem ser levados em consideração para manter a saúde e o bom funcionamento intestinal, para evitar esse mal, além de outros problemas que podem ocorrer em função deste, como diverticulites, hemorroidas e outros.

O Que é Intestino Preso? Como Soltar?
O Que é Intestino Preso? Como Soltar?

Com o gigantesco aumento de produtos alimentícios industrializados, o consumo de fibras tem sido um grande desafio para grande parte da população, já que durante o processamento desses alimentos, as fibras são retiradas para que o produto final obtido adquira melhores características sensoriais como textura, sabor e aroma e também, uma maior facilidade para o seu consumo.

Todo esse processamento aplicado sobre os alimentos acaba retirando as fibras, além de nutrientes importantes a saúde, diminuindo ainda mais o seu valor nutricional e ainda os intoxicando ao adicionar aditivos químicos (conservantes, aromatizantes e etc.) para “melhorar” os aspectos físicos, palatáveis e o seu tempo de prateleira (vida útil dos alimentos – validade) que vão intoxicando o nosso sistema gastrointestinal, prejudicando a digestão, a absorção de nutrientes e consequentemente a evasão do bolo fecal (intestino preso).

As fibras contidas nos alimentos vegetais são os principais aliados da saúde do nosso intestino ao desempenharem diversos papeis tanto físicos quanto químicos e se utilizadas corretamente, podem eliminar o problema, além de trazer outros benefícios, como desintoxicação do organismo, redução de peso, inchaço e medidas, além de promover o bom funcionamento do sistema gastrointestinal e da modulação hormonal. Fica aqui comigo que daqui a pouco eu te falo sobre os alimentos que soltam o intestino.

QUAIS SÃO AS CAUSAS DO INTESTINO PRESO?

1.       DIETA POBRE EM FIBRAS DIETÉTICAS.

As fibras são alimentos que soltam o intestino e são encontradas nos vegetais, parte solúvel e parte insolúvel, tais características que aumentam o bolo alimentar e consequentemente o bolo fecal, facilitando a evacuação devido à maior volume.

As fibras também diminuem a velocidade de digestão fazendo com que a absorção de nutrientes seja mais eficaz, além de arrastarem consigo os minerais tóxicos alojados no seu sistema digestivo, diminuindo o inchaço e favorecendo a desintoxicação do organismo.

A parte solúvel das fibras servem de “alimento” para o desenvolvimento de microrganismos benéficos que vivem no nosso intestino (microbiota intestinal) que auxiliam na saúde do intestino e favorecem a uma evacuação saudável. Por isso uma dieta pobre em fibras favorece a constipação intestinal.

Caso você esteja sofrendo com os incômodos do intestino preso por ter uma dieta pobre em fibras, eu te convido a conhecer a Dieta da Fibra, esse método de emagrecimento já ajudou mais de 17352 mulheres em todo o  Brasil, é totalmente natural e baseada no consumo de alimentos que ajudam a soltar o intestino e acabar com a prisão de ventre, para saber mais é só clicar no link abaixo.

2.       ESTRESSE.

Altos níveis de estresse alteram a nossa produção hormonal e a comunicação destes com cérebro, tendo influência direta sobre a tensão muscular, produção de enzimas digestivas, inflamações e todo o sistema digestivo em geral.

Para que você tenha noção, cerca de 90% da serotonina (hormônio da “felicidade”) produzida em seu corpo é sintetizada no intestino e quando não se está bem psicologicamente isso se reflete em uma maior dificuldade de evacuar.

3.       DIETA RICA EM ALIMENTOS PROCESSADOS.

Como já comentado anteriormente no texto, os alimentos processados são pobres de fibras e ricos de aditivos químicos que intoxicam o sistema digestivo, prejudicando desde a absorção de nutrientes até a evacuação do bolo fecal, sendo assim, uma dieta que vai totalmente contra os alimentos que soltam o intestino.

4.       SEDENTARISMO.

A prática de atividades físicas aumenta o fluxo sanguíneo, fortalece os músculos (inclusive os do trato gastrointestinal) além de diminuir os níveis de estresse, tanto físico quanto mental.

5.       DESCONTROLE NA FLORA INTESTINAL – DISBIOSE.

Existem bactérias benéficas que vivem no nosso trato gastrointestinal que favorecem a digestão e a evacuação, sendo que uma baixa população dessas bactérias está diretamente ligada aos problemas intestinais, como intestino preso ou até mesmo síndromes do intestino irritável.

Para que você tenha noção da importância desses microrganismos benéficos, nós seres humanos temos mais genoma (“DNA”) bacteriano em nosso corpo do que genoma humano. Segundo os estudos, nós precisamos de cerca de dois anos para arrumar/controlar novamente o intestino uma vez que ele foi maltratado/desregulado.

6.       BAIXA INGESTÃO ÁGUA.

Ao se manter desidratado as fezes ficam ressecadas e a mobilidade intestinal é prejudicada. A água melhora praticamente todos os processos relacionados a digestão e excreção de toxinas, além de proporcionar fezes mais macias e com mais volume, ainda mais se você manter uma alimentação rica em fibras vegetais. (Obs.: água e fibra não precisam ser ingeridas juntas, no entanto, quanto mais fibras você ingere mais água deve beber, uma vez que as fibras utilizam muita água para serem excretadas).

7.       NOITES RUINS DE SONO.

É durante o sono que o nosso corpo aproveita para regular grande parte dos nossos hormônios e substâncias que geram o bom funcionamento do organismo. Se você não dorme bem, o seu corpo não consegue alinhar tudo o que precisa e você acaba tendo problemas como estresse, disfunções hormonais entre outros fatores que estão relacionados com o mau funcionamento do intestino.

8.       DEFICIÊNCIA DE MAGNÉSIO.

O magnésio é um mineral eletrólito que auxilia o funcionamento dos músculos (inclusive os do trato gastrointestinal). A falta de magnésio na dieta pode contribuir para a tensão muscular e também piorar os sintomas do estresse emocional.

SINTOMAS DE INTESTINO PRESO!

Os sintomas de intestino preso variam de pessoa para pessoa com intensidades diferentes, que tendem a aumentar ou diminuir de acordo com o estilo de vida da pessoa, desde estresse físico e mental, baixa prática de atividade física, desidratação e principalmente uma alimentação com baixa ingestão de fibras, por isso é muito importante conhecer os alimentos que soltam o intestino.

Sintomas de Intestino Preso
Sintomas de Intestino Preso

Alguns sintomas comuns ou características sobre as fezes podem indicar que você sofre de constipação intestinal, tais como, esforço excessivo para evacuar, fezes duras e ressecadas, sensação de evacuação incompleta, desconforto, inchaço abdominal, mal-estar, gases em excesso, distúrbios digestivos até alterações de emoção, sendo que a pessoa pode evacuar todos os dias e ainda assim, sofrer de intestino preso.

COMO DIAGNOSTICAR O INTESTINO PRESO?

A prisão de ventre é um tipo de desordem digestiva que tem como principal característica a frequência insuficiente de defecações, comumente acompanhada de dificuldade para evacuar e, por não ser uma “doença” e sim uma condição, o seu diagnóstico é feito geralmente através da conversa com o médico em conjunto ou não de exames clínicos e biológicos que permitem concluir o diagnóstico do problema.

Geralmente o exame clínico é para diagnosticar as causas do intestino preso, uma vez que essa condição de constipação pode ser por causa neurológico, física ou fisiológica.

Após a avaliação clínica, dependendo do caso, para confirmar o diagnóstico, o médico pode também realizar um exame biológico, geralmente para avaliar a glicemia, o TSH (pré-hormonal tireoide) e creatina. É recomendado que se faça um exame de sangue para avaliar com mais tranquilidade caso o problema persista mesmo com o início do tratamento ou que se encontre algum tipo de problema mais sério.

O lado bom é que, na grande maioria das vezes na conversa com o paciente o médico consegue identificar os principais pontos que levam ao intestino preso, como os hábitos alimentares, pouca ingesta de água entre outros pontos, podendo orientar o paciente e evitar que o problema persista ou se agrave, indicando alimentos e hábitos que irão ajudar nesse processo.

É NORMAL TER INTESTINO PRESO?

Como você viu anteriormente o intestino preso é a consequência de um conjunto de fatores, sendo que a alimentação é o ponto chave para resolver esse problema e manter a saúde do seu intestino, que é quem dita as regras desse jogo.

É importante ressaltar que ficar sem ir ao banheiro é um indicador de que as coisas não estão indo bem em seu intestino e sua saúde. Ir ao banheiro todos os dias e toda hora também não quer dizer que o seu intestino está esbanjando saúde, é importante manter sempre um equilíbrio.

Para saber se o seu intestino está funcionando direitinho você pode pedir um exame fecal a seu médico para que ele avalie a contagem de bactérias boas presentes. Uma disbiose intestinal pode demorar até 2 anos para ser corrigida, com isso, se torna imprescindível manter os novos hábitos saudáveis de forma definitiva.

A ALIMENTAÇÃO É CHAVE PARA “DESTRAVAR” O INTESTINO!

Existe um ditado chinês que diz que as doenças e as curas começam no intestino, isso porque ele é a primeira porta de entrada para os nutrientes ou para os venenos escondidos na maior parte dos alimentos industrializados.

Para manter a saúde e se manter com o fluxo intestinal funcionando direitinho, quase que como um relógio, é importante saber o que comer e o que evitar, com isso, deixo para você uma lista com os piores alimentos para o seu intestino e quais aqueles que ajudam a manter a saúde dele.

1.       FRITURAS E ALIMENTOS FRITOS.

As famosas gorduras-trans. que são formadas durante a fritura diminuem o período do transito das fezes no intestino e “encalham” o seu sistema digestivo, sem contar que os óleos vegetais utilizados para fritura por si só já inflamam o seu intestino prejudicando ainda mais a sua saúde e capacidade de evacuar saudavelmente.

Alimentos Que Causam Intestino Preso
Alimentos Que Causam Intestino Preso

2.       ÁLCOOL.

Bebidas alcoólicas consomem muita água do corpo para serem degradadas gerando desidratação e agravando os problemas de intestino preso. Para evitar tais problemas, consuma álcool apenas em quantidades pequenas e moderação sempre acompanhas de muita água.

3.       ALIMENTOS “POBRE NUTRICIONAIS”.

Alimentos que contem grandes quantidades de açúcares e calorias e pouca fibras e/ou nutrientes, devem ser consumidos com cautela, tais como: massas, fast food, sorvetes, farinhas refinadas, cereais adocicados entre outros.

Alimentos como frios, salsichas e congelados apresentam grande quantidade de aditivos e açúcares e nenhuma fibra dietética, podendo prejudicar tanto a digestão quanto a flora intestinal.

4.       GLÚTEN (TRIGO, CENTEIO, CEVADA).

O glúten é um conjunto proteico que o nosso organismo não consegue digerir e com isso inflama o nosso intestino, prejudicando a absorção de nutrientes e sais minerais além de prejudicar a produção hormonal.

5.       LATICÍNOS (ATENÇÃO)

Existem pessoas alérgicas ou sensíveis a alguns compostos do leite (lactose por exemplo), que podem levar a uma disfunção intestinal e agravar outros problemas intestinais, diarreias constantes e má retenção de líquidos. OBS: Existem pessoas que não apresentam problemas com esse tipo de alimento. Procure o seu médico para ter um esclarecimento preciso sobre tal assunto.

9 ALIMENTOS PARA SOLTAR O INTESTINO

1.       ALIMENTOS RICOS EM FIBRAS

Todos os vegetais em si apresentam uma certa quantidade de fibras e como você viu as fibras são grandes aliados da saúde do nosso intestino, com isso, inclua vegetais crus, frutas e nozes em sua alimentação, essa é uma das principais dicas de alimentos que soltam o intestino.

bannerPortal

2.       FOLHA VERDES

As folhas além de conterem grande quantidade de fibras, apresentam sais mineiras e algumas vitaminas além de serem de baixo teor calórico.

3.       LÍQUIDOS QUENTES

Os chás, sopas e até mesmo água morna ajudam na digestão dos alimentos, além de auxiliarem a retirar fezes secas das paredes do intestino.

4.       ÁGUA.

Como você já viu, as fibras precisam da água para desempenharem o seu papel benéfico sobre a nossa saúde, além de que um corpo bem hidratado é mais saudável.

5.       ALIMENTOS PROBIÓTICOS.

Os alimentos probióticos contém alguns microrganismos benéficos para a nossa flora intestinal, favorecendo então a saúde do nosso intestino e aumentando a nossa imunidade, já que o intestino é responsável por cerca de quase 80% do nosso sistema imunológico.

6.       LARANJA.

A laranja é rica em vitamina C entre outros ácidos que favorecem a digestão e auxiliam a saúde do intestino, além de conter boas quantidades de fibra, lembrando que para ingerir as fibras da laranja é preciso comer o bagaço.

7.       PERA.

Uma fruta rica em água e sais minerais, incluindo o magnésio, que como você já viu é um grande aliado da saúde intestinal.

A ameixa é rica em fibras e é considerada um dos alimentos mais laxativos conhecidos, adicioná-la em sua alimentação pode ajudar na manutenção da evacuação saudável.

9.       LINHAÇA.

A semente de linhaça é rica em fibras, ou seja, um dos melhores alimentos que soltam o intestino, e também possui sais minerais e ômega 3, gordura benéfica para a nossa saúde.

ALGUMAS DICAS PARA QUEM SOFRE COM INTESTINO PRESO!

Fora os principais que foram passados anteriormente no decorrer do artigo, que deixar alguns pontos que você deve se preocupar caso o seu problema de prisão de ventre ainda persista.

  1. Verificar se o consumo de glúten, uma vez que muitos alimentos o contém. (Alguns exames mais específicos são necessários para diagnosticar alguns casos de doença celíaca ou sensibilidade ao glúten, as vezes exames de radiografia e colonoscopia não o detectam) O glúten é comprovadamente prejudicial à saúde mesmo de pessoas não apresentam intolerância ou alergia ao mesmo, tirá-lo da sua alimentação só te trará benefícios.
  1. A gente precisa beber no mínimo 40ml de água por quilo de peso (se eu peso 100kg eu preciso tomar pelo menos 4,0 Litros).
  1. Avaliar o seu nível de estresse e ansiedade, são diretamente ligados ao funcionamento do intestino e de hormônios.
  1. Atentar-se a alguns alimentos que podem inflamar o seu intestino: Trigo, leite, embutidos, defumados químicos, industrializados e frituras.
  1. Aumentar o consumo de alimentos probióticos e pré-bióticos (iogurtes, kefir, qualhadas, lactobacilos e etc.) e (alho, aspargo, cebola, biomassa de banana verde, chicória entre outros).

3 RECEITAS DE SUCO NATURAIS PARA SOLTAR O INTESTINO!

  1. SUCO DE AMEIXA COM MORANGO.

Ingredientes:

– Suco de 1 laranja.

– 4 Ameixas-pretas pretas sem caroço.

– 12 Morangos.

– ½ Colher (sopa) de linhaça marrom.

Preparo: Bata tudo no liquidificador, sem açúcar ou adoçantes. Beba sem coar.

  1. SUCO DE PERA COM AMEIXA.

Ingredientes:

– ½ Pera.

– 1 Copo de suco natural de laranja.

– 3 Ameixas-pretas-pretas sem caroço.

– 1 Colher (chá) de chia.

Preparo: Bata tudo no liquidificador, sem açúcar ou adoçantes. Beba sem coar.

  1. SUCO LARANJA.

Ingredientes:

– 1 Colher (chá) de linhaça dourada.

– ½ Copo de suco natural de laranja.

– 3 Ameixas-pretas-pretas sem caroço.

– 1/3 de Mamão papaia sem sementes.

Preparo: Bata tudo no liquidificador, sem açúcar ou adoçantes. Beba sem coar.

Ufa, estamos chegando ao final desse artigo sobre como soltar o intestino preso e espero do fundo do coração que você tenha gostado e que essas informações sejam relevantes para a sua vida.

Como você chegou até aqui, acredito que a saúde é um tema muito importante para você, assim como é para mim, então quero compartilhar o meu melhor conteúdo sobre emagrecimento.

Depois de passar anos estudando eu criei um método que possibilitou pessoas da minha família, amigos e mais 17.434 mulheres em todo o Brasil a voltarem a usar as roupas que elas mais amavam e que estavam escondidas no fundo do guarda-roupas.

E muitas delas relatam perder de 3kg a 11kg em 30 dias, sem passar fome e sem fazer exercícios, que é o caso da Aline, Josiane, Viviane e do Wesley e o mais importante, sem sofrer com o efeito sanfona.

Clique Aqui para conhecer o Novo Método de Emagrecimento que está Secando as Mulheres e junte-se a nossa família.

bannerPortal

Gostou do artigo sobre como soltar o intestino preso? Deixe um comentário se você sofre ou já sofreu desse mal e quantos litros de água você bebe por dia. =)

Grande Abraço.

Gustavo Silva.

FONTES DE PESQUISA!

https://www.everydayhealth.com/digestive-health/diet/foods-that-help-relieve-constipation/#01

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC207122/

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3527378/

 

Comentários

Comentários

1 Comentário


  1. Gostei muito desse artigo pois sofro a muito tempo de intestino preso ja fiz até cirurgia de hemorroidas .Obrigada pela dica .Vou avisar para quem sofre conheço muita gente com esse problema ..

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha com a imagem abaixo * TimLimite de tentativas alcançadas