Psicóloga Revela Como Lidar Com as Emoções de Raiva e Ansiedade

Descubra agora como lidar com as emoções de ansiedade, raiva e estresse seguindo 3 simples exercícios.

Olá, no artigo de hoje vamos falar sobre as como lidar com as emoções.  Você sabe o que as emoções negativas podem liberar no nosso organismo e também no momento de tomar uma decisão? E que existem alguns exercícios para você saber como lidar com as emoções ruins?

Neste artigo vamos apresentar os seguintes tópicos:

  • O que são emoções?
  • Quais são as principais emoções do nosso dia a dia?
  • O que as emoções negativas liberam no nosso organismo?
  • Como elas afetam as nossas decisões?
  • Como lidar com as emoções para ter uma vida mais tranquila?
  • 3 Simples exercícios para aprender como lidar com as emoções de estresse / raiva / ansiedade
Como Lidar Com as Emoções
Como Lidar Com as Emoções

O QUE SÃO EMOÇÕES?

Emoções são estados mentais que resultam de mudanças no organismo em função de mudanças percebidas no ambiente. Esses estados mentais direcionam o nosso comportamento visando aumentar a nossa capacidade de se adaptar a mudanças no ambiente. “Emoção”, etimologicamente, significa “movimento ou impulso”: “o que me induz a agir”.  As emoções são experiências subjetivas que nos levam à ação. Elas nascem basicamente das nossas percepções diante do mundo, antes mesmo de que possamos pensar a respeito

Elas alteram o comportamento e também aspectos fisiológicos, como respostas do sistema biológico, inclusive as expressões faciais, os músculos, a voz e o sistema endócrino.

As emoções estão ligadas a ações, em gerar comportamentos biologicamente vantajosos frente a uma necessidade imediata. A emoção é automática, ela está fora do nosso controle.

Elas também estão associadas a estímulos, sendo externos, como comida, objetos ou pessoa, e estímulos internos, conteúdos mentais que estão dentro de nós. Existem emoções positivas e negativas, as positivas nos inclinam a comportamento de aproximação e as negativas nos inclinam a comportamento de afastamento.

Então, esses sentimentos servem para gerar algum tipo de comportamento para nos proteger. Agora começa fazer mais sentido saber como lidar com as emoções?

QUAIS SÃO AS PRINCIPAIS EMOÇÕES DO NOSSO DIA A DIA?

Existem quatro emoções básicas do ser humano, são elas: medo, raiva, alegria e tristeza. Qualquer pessoa no mundo demonstra as emoções através das expressões faciais quando as sente, não tem jeito de ignorá-las, mesmo sabendo como lidar com as emoções, elas vão aparecer.

As emoções desempenham um papel importante no nosso desenvolvimento psicológico, pois elas servem para nos guiar ou proteger de algum evento e no aspecto social. Todos nós sentimos essas quatro emoções em mais de uma ocasião. Elas nos servem de aprendizagem, para que possamos nos compreender e para sabermos como continuar, se prestarmos atenção nelas.

Medo: O medo age como um mecanismo de proteção, pois é um alerta para a presença de perigo. As sensações que o medo traz devido a vazão repentina de adrenalina, noradrenalina e outros hormônios são taquicardia, aumento da pressão arterial, dilatação das pupilas, sudorese, músculos enrijecem, há dificuldade na concentração entre outros.

Raiva: É uma emoção caracterizada por revolta, geralmente ocorre quando algo considerado correto e justo lhe é negado. Sensações como inquietação, testa franzida, respiração acelerada, taquicardia são algumas sensações que a raiva pode ocasionar. Saber como lidar com as emoções de raiva e estresse, é um passo muito importante para uma vida serena.

Alegria: A alegria é um sentimento de plenitude e satisfação interior.

Tristeza: A tristeza é a falta de alegria, ânimo, indisposição e outras emoções de insatisfação. A tristeza pode variar de diversos graus de intensidade variando desde a tristeza passageira até a tristeza profunda.

Essas quatro emoções são as mais comuns do nosso dia a dia, elas são importantes para nos desenvolvermos diante dos desafios e das adversidades que a vida pode nos trazer.

bannerPortal

O QUE AS EMOÇÕES NEGATIVAS LIBERAM NO NOSSO ORGANISMO?

O que não resolvemos na nossa mente, o nosso corpo somatiza. E vocês sabem o que é somatização? Somatização são sintomas físicos, os quais a medicina não explica a origem.

Esses sintomas seriam de origem emocional, tendo origem nos pensamentos disfuncionais e emoções fortes. A nossa mente tem uma forte influência sob a saúde do nosso corpo. Então as emoções negativas podem afetar o nosso organismo sim.

Não intoxicamos o nosso organismo apenas com coisas que ingerimos. A medicina chinesa diz as emoções afetam diversas áreas do nosso corpo.

Todo sentimento negativo afeta o nosso organismo. Quando temos emoções negativas diversas substâncias químicas são liberadas no nosso corpo, pois o nosso cérebro interpreta como situações de estresse.

Quando as emoções, os sentimentos têm uma carga negativa, libera substâncias químicas tóxicas, e consequentemente irão alojar em áreas do nosso corpo causando mal estar e doenças.

Abaixo vou compartilhar com vocês algumas dores que pode ser causadas pelas  emoções negativas

Como Lidar Com As Emoções Ruins
Como Lidar Com As Emoções Ruins
  • Dores de cabeça: Pode ser um sinal de estresse e da pressão acumulada do nosso dia a dia.
  • Dores no pescoço: Sentimento de culpa é o principal motivador de dores nessa região.
  • Dores na lombar: Pode estar ligadas as emoções canalizadas que tenham ligação com problemas financeiros ou com a vida profissional.
  • Fígado: Pode estar ligado a emoção raiva.
  • Rins: Pode estar ligado a emoção de medo.
  • Pulmões: Pode estar ligado a emoção de tristeza.

Vale ressaltar que emoções, sentimentos e pensamentos positivos, de alegria e de gratidão serão liberadas no nosso organismo substâncias químicas que proporcionarão saúde e bem estar. Então escolha sempre enxergar o lado positivo de cada situação e aprenda como lidar com as emoções negativas.

COMO AS EMOÇÕES AFETAM AS NOSSAS DECISÕES?

Todos nós sabemos que as emoções afetam as nossas decisões. Acredito que todos já passaram por alguma situação em que tomaram uma decisão em determinado estado emocional e depois se arrependeram, não é? E provavelmente vocês já perceberam que isso acontece quando estamos felizes e tomamos as decisões sem pensar direito.

Vocês sabiam que a tomada de decisão é algo que nós fazemos várias vezes durante o dia?  A tomada de decisão nada mais é do que a escolha entre diversas alternativas e que apresentam consequências diferentes. E para tomar uma decisão precisamos desses quatro sistemas que são:

Memória operacional: que é responsável por manter e organizar as informações, sejam elas recentes ou armazenadas há algum tempo, e permite que essas informações sejam utilizadas durante o raciocínio.

Controle inibitório: é a habilidade para inibir ou controlar respostas impulsivas ou automáticas e criar réplicas usando atenção e o raciocínio. Ela contribui para o planejamento, a antecipação e a definição de objetivos.

Flexibilidade cognitiva : é a capacidade para mudar e/ou produzir mudanças, ser capaz de perceber respostas alternativas para uma mesma situação.

Controle sobre as respostas automáticas: é a capacidade de controlar as respostas automáticas.

Todos esses fatores contribuem para a tomada de decisão.

Agora vou compartilhar com vocês as influências de algumas emoções:

Quando estamos de bom humor, é mais fácil a gente aumentar a confiança nas pessoas e tomar decisões sem pensar direito.

Quando estamos de mal humor ficamos mais céticos, ou seja, tendemos a confiar menos nos outros, o que pode ser bom, pois com isso analisamos as pessoas de forma mais real. Entretanto o excesso é extremamente prejudicial.

Em um momento de raiva a tendência é que a pessoa fique mais confiante e insensível a riscos, tendo até mais sentimento de poder, e é por isso que quando vimos pessoas com raiva percebemos que as mesmas tomam decisões irracionais e erradas.

Vale ressaltar que no momento de tomar uma decisão é importante que se tenha inteligência emocional que é a habilidade que uma pessoa tem de perceber, entender, avaliar e administrar como lidar com as emoções próprias e também as emoções dos outros, de maneira positiva.  Na hora de tomar uma decisão tente identificar se você está em algum estado emocional, como triste, após identificar a sua emoção, tente esperar um pouco, analisar a situação, as alternativas para então tomar uma decisão mais assertiva.

bannerPortal

COMO LIDAR COM AS EMOÇÕES PARA TER UMA VIDA MAIS TRANQUILA?

O primeiro passo para lidar com as emoções e ter uma vida mais tranquila é saber identificar as emoções, reconhecer o que você está sentindo se é raiva, tristeza, alegria ou ansiedade.

Mas como identificá-las?

  • Se você tem pensamentos sobre o futuro, sobre algo que ainda não aconteceu e isso pode te causar sensações físicas como taquicardia, rigidez muscular, mandíbula cerrada, é uma emoção relacionada à ansiedade.
  • Se você tem pensamentos negativos sobre o passado e o presente, vontade de chorar sem motivo apresenta sensação de cansaço e fadiga e tem dificuldade para manter a atenção, é uma emoção relacionada à tristeza.
  • Pensamentos que se concentram em você, em algo que você poderia ter feito, mas não fez, sensação de rigidez muscular e taquicardia quando você é contrariado ou algo que você considera justo lhe é negado, é uma emoção relacionada a raiva.
  • Pensamento em que você foca o que ganhou o que aprendeu sentimento de gratidão e calma. É uma emoção relacionada à alegria.
Como Lidar Com as Emoções - Ansiedade
Como Lidar Com as Emoções – Ansiedade

Agora ficou um pouco mais fácil para nós lidarmos com as nossas emoções após identificá-las… E o segundo passo são algumas dicas de como agir diante das emoções:

  • Tente entender a origem da sua emoção. O que desencadeou para que você sentisse raiva, tristeza ou ansiedade. Observe os seus comportamentos e os seus pensamentos para tentar descobrir a origem de determinada emoção.
  • Expresse os seus sentimentos de forma assertiva. Fale sobre o que você está sentindo com o outro, porém de uma forma que você não irá magoar os seus sentimentos e nem o da outra pessoa.
  • Pratique a empatia. A empatia é a capacidade de se colocar no lugar do outro, sentir o que a outra pessoa sente, pensar o que ela pensa, ou seja, é estar dentro da pessoa. E o primeiro passo para praticar a empatia, é sair de nós mesmos, dos nossos parâmetros, do que julgamos ser certo ou errado e abrir os nossos olhos e ouvidos para perceber as outras pessoas que estão em nossa volta, e podemos percebê-las através da escuta, do conhecer e do olhar.
  • Mantenha a calma. Sei que é muito difícil manter a calma em determinadas situações, porém o mais importante é respirar fundo, analisar a situação e se for possível saia do local para não dizer algo que você irá se arrepender depois.

Sei que quando lemos essas dicas parece ser fácil, porém na hora de praticar se torna difícil e acabamos fazendo tudo ao contrário, porém se nós praticarmos no nosso dia a dia com pequenas coisas, situações irrelevantes, ficará mais fácil de acontecer com situações grandes. Uma dica importante é não desistir, se falhar, faça diferente no outro dia.

COMO LIDAR COM AS EMOÇÕES RUINS SEGUINDO 3 SIMPLES EXERCÍCIOS

Bom, sabemos que as emoções ruins como o estresse, raiva, ansiedade e frustração existem e não tem como não senti-las. Porém podemos mudar a nossa forma de enxergar as coisas. É inevitável adiar os acontecimentos ruins que podem ocorrer em nossa vida, mas eu posso escolher o que eu vou fazer com esse acontecimento ruim, se vai ser algo positivo ou negativo.

Abaixo vou compartilhar com vocês 3 exercícios para lidar com as emoções ruins do nosso dia a dia:

  • Exercício de respiração. A respiração deve ser feita usando a musculatura do diafragma, ou seja, movimentando o abdômen e não tórax. Lembrando que a respiração deve ser mais lenta e profunda.
  • Caminhar ou fazer exercícios físicos. Quando caminhamos ou praticamos alguma atividade física redefinimos as preocupações da nossa mente e ficamos menos estressados, pois esse tempo o nosso cérebro está trabalhando e o nosso corpo também, assim conseguimos enxergar o lado positivo das situações e solucionar problemas.
  • A mindfulness é um estado especial da consciência focada no presente. Não há passado e nem futuro, somente o presente. É um processo no qual você vai prestar a atenção em você, no corpo e na mente.

Vou encerrar esse artigo com uma frase que gosto muito do Carl Jung.

Eu não sou o que me aconteceu, eu sou o que escolho me tornar.”

Psicóloga Simoni Parente.

Conteúdo Relacionado à Como Lidar Com as Emoções:

bannerPortal

Gostou de aprender como lidar com as emoções? Deixe um comentário logo abaixo contando qual é a emoção mais presente no seu dia a dia e como ela te ajuda ou atrapalha. 🙂

Referências

https://www.youtube.com/watch?v=SUAQeBKiQk0

https://amenteemaravilhosa.com.br

https://eueapsicologia.com.br

http://espacoluzterapia.com.br/emocoes-negativas-e-consequencias-no-corpo-fisico/

http://segredosdomundo.r7.com/12-tipos-de-dores-que-podem-ser-causadas-por-emocoes-negativas/

Tomada de decisão – Leandro Fernandes Malloy Diniz

http://www.rhportal.com.br/artigos-rh/a-influncia-das-emoes-na-tomada-de-deciso/

Comentários

Comentários

1 Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha com a imagem abaixo * TimLimite de tentativas alcançadas