Adoçante – Qual é o melhor para o consumo? Veja A Resposta Agora

Você faz uso de adoçantes sintéticos com frequência? Será que eles são a melhor opção para substituir o açúcar em nossa rotina? Tem alguma opção melhor do que os famosos adoçantes sintéticos?

Acompanhe esse breve artigo comigo que você irá aprender qual é realmente o melhor para nossa saúde quando se trata de adoçantes.

O QUE SÃO OS ADOÇANTES ARTIFICIAIS?

Os adoçantes artificiais nada mais é do que substâncias químicas sintéticas que estimulam as células receptoras do sabor doce na língua. E como o próprio nome já diz, são produzidos de forma artificial.

Adoçantes Artificiais no Suco
Adoçantes Artificiais no Suco

O que acontece muitas vezes quando se trata de adoçante é que muitas marcas substituem o açúcar em produtos industrializados por adoçantes e os rotulam como light, diet, isso e aquilo, como se estes fossem fazer bem a sua saúde, coisa que sabemos com muita certeza que não é verdade, sendo que muitas vezes esses alimentos podem até serem piores do que os “normais”.

Além dos adoçantes clássicos em gota ou em pó, estes são encontrados em diversos produtos, desde bebidas e sobremesas diet, até bolos, balas, alimentos congelados ou de micro-ondas entre vários outros.

Deixo aqui para você uma lista com os adoçantes artificiais mais comuns que são vendidos separados ou acrescentado em alimentos:

– Sacarina.

– Neotame.

– Aspartame.

– Aspartame.

– Sucralose.

-Ciclamato de sódio.

ADOÇANTES ARTIFICIAIS!

A questão dos adoçantes artificiais é que eles são formados de substâncias que não são naturais para o nosso corpo e, com isso, podemos sofrer reações alérgicas a determinadas substâncias ou até mesmo rejeitar alguma delas.

Existem alguns artigos pseudocientíficos que apontam os adoçantes sintéticos como um produto potencialmente cancerígeno, apesar de que ainda não se tem estudos de grande porte que comprove tal afirmação com grande notoriedade.

Eu particularmente acredito que tudo aquilo que não é natural, pode ocasionar algum tipo de problema a saúde do organismo humano.

Existem também estudos também que mostram que as quantidades ingeridas de adoçantes são tão baixas, que estas substâncias são facilmente excretadas do nosso corpo, pelo nosso sistema de desintoxicação do organismo.

Outros estudos mostram que por mais que o adoçante não seja composto por carboidratos, eles podem ocasionar um desequilíbrio nos níveis de insulina e até mesmo reduzir a percepção do nosso corpo a esse hormônio. Claro que de forma extremamente menor do que o açúcar.

De forma reduzida para que você entenda, a insulina é um hormônio que tem como uma de suas funções, a de levar as moléculas de glicose que são produzidas em nosso corpo através da quebra (“digestão”) dos carboidratos para as células utilizarem como fonte de energia.

Quando as células não precisam dessa glicose que está sendo recebida, elas armazenam esse excesso de energia em nosso organismo na forma de gordura, para posterior necessidade energética, fato que não acontece na maioria das vezes, pois em vez de utilizar essa gordura corporal estocada como fonte de energia, o indivíduo vai e come novamente carboidrato, ocasionando mais um acumulo de gordura, pelo excesso de glicose.

Isso se torna um ciclo engordativo, onde nunca se usa o que se tem de gordura no corpo para gerar energia, sempre acumulando mais e mais gordura.

Esse é um dos principais motivos do ganho constate de peso, o consumo excessivo de carboidratos.

O que acontece em relação ao desequilíbrio dos níveis de insulina pelo consumo de adoçantes artificiais é que a insulina é liberada no organismo como resposta ao sabor doce destes produtos e o seu uso excessivo e constante pode ocasionar uma certa resistência das nossas células a ação da insulina.

O que não se pode negar, é o fato que de o que adoçante por mais que seja sintético, irá favorecer a perda de peso quando comparado com o açúcar, seja nas bebidas ou em pratos culinários, uma vez que o açúcar é composto por puro carboidrato, um dos principais motivos do ganho de peso.

bannerPortal

ADOÇANTES MARCAS.

Hoje em dia com toda essa preocupação com a saúde, vem sendo lançado no mercado diversas marcas e tipos de adoçantes, adoçantes sintéticos, naturais, líquidos, em pó entre vários outros.

Eu não gosto de falar de marcas, ainda mais para fazer comparações. Acredito que você deve optar por aquela que atende as suas necessidades em relação a um produto, buscando sempre a opção mais natural possível, com isso, atente-se a composição e aos rótulos dos produtos que você leva para sua casa e sua família.

QUAIS SÃO OS POSSÍVEIS PROBLEMAS RELACIONADOS AOS ADOÇANTES?

Como você viu anteriormente o adoçante pode ter uma relação com o desequilíbrio da sensibilidade da insulina pelas células do corpo, no entanto, não é possível afirmar com certeza, sendo que para tal é necessário que seja realizado mais estudos e pesquisas.

O que se tem como maior afinco é que os adoçantes, podem prejudicar o balanço entre as bactérias que vivem no nosso intestino, trazendo problemas relacionados novamente a percepção da insulina pelo organismo.

Em 2014, um grupo de cientistas israelenses desenvolveram um estudo para verificar quais eram os efeitos do aspartame em ratos.

Durante 11 semanas os pesquisadores aplicaram doses de aspartame em grupos de ratos e avaliaram os efeitos sobre as bactérias no intestino dos animais.

Eles puderam constatar um desequilíbrio negativo entre as bactérias que beneficiam a flora intestinal e as que prejudicam a saúde do intestino, tendo como efeito colateral um aumento nos níveis de açúcar no sangue dos animais devido a uma diminuição da percepção da insulina.

No entanto, os mesmos pesquisadores foram capazes de reverter esse aumento de açúcar no sangue, voltando as quantidades normais de bactérias boas no intestino dos ratos.

Estudos conduzidos em seres humanos não puderam constatar os mesmos efeitos que foram apresentados os estudos com ratos, apenas poucos estudos que sugerem que o aspartame pode ter uma relação com o bom funcionamento do intestino e a concentração de bactérias benéficas no mesmo.

ADOÇANTES PARA DIABÉTICOS.

Os diabéticos são aqueles que apresentam controle anormal do açúcar no sangue, seja por falta de insulina e/ou a resistência das células a ação da mesma. Pesquisas mostram que a curto prazo os adoçantes artificiais não irão aumentar seus níveis de açúcar no sangue, diferentemente do açúcar, que ocasiona um efeito negativo sobre esse processo.

Vale ressaltar que as implicações do consumo de adoçantes de forma constante e regular a longo prazo ainda são desconhecidas, o que sugere mais estudos na área, ainda mais tratando-se de diabéticos que apresentam anormalidades sobre a percepção da insulina e as taxas de glicose no sangue.

O que é aconselhável é que os diabéticos procurem orientação com o seu médico responsável para que ele avalia cada caso de forma específica, para que o indivíduo utilize algo que não terá efeitos prejudiciais à sua saúde.

ADOÇANTES NATURAIS.

Acredito que se tratando de alimentação e saúde, as opções naturais são sempre as mais recomendadas, no entanto, o consumo exagerado de algo por mais natural que seja, pode não fazer bem à saúde do indivíduo.

Adoçantes Naturais - Xylitol
Adoçantes Naturais – Xylitol

Uma forma de adoçar os pratos culinários, sem fazer uso do açúcar, é utilizar os adoçantes naturais, buscando sempre aqueles que não ocasionam a elevação dos níveis de glicose no sangue, e os naturais atendem melhor essa característica por apresentarem baixas concentrações de calorias e serem natural ao organismo humano.

Vale lembrar que existem adoçantes mesmo os naturais que iram gerar alteração da glicose no sangue como a frutose, galactose e o sorbitol por exemplo e não são recomendados para os diabéticos.

Atualmente o mais recomendado pelos órgãos de saúde é o Xilitol (xylitol), que apesar de apresentar calorias (concentração muito baixa) não desenvolvem tanto efeito sobre a produção de insulina no organismo.

QUAL O MELHOR ADOÇANTE?

É difícil falar qual é a melhor opção de determinadas substâncias, uma vez que o organismo de cada um trabalha de forma individualiza apesar da base metabólica ser a mesma, as vezes o que faz bem para uns pode não fazer bem para outros.

Sugiro que você procure sempre um médico responsável para acompanhar o seu quadro de saúde ainda mais na hora de introduzir novos alimentos em sua rotina diária.

Como você viu, acredito que tudo que é natural tende a ser melhor recebido pelo nosso corpo e levando em consideração os resultados das pesquisas realizadas até hoje, os adoçantes naturais que têm mostrado efeitos “neutros” de forma geral são o Xilitol e o Stevia.

Adoçantes Naturais - Stevia
Adoçantes Naturais – Stevia

Se você está procurando retirar o açúcar da sua vida, estes são ótimas opções para esse processo, no entanto, a melhor opção mesmo é retirar até mesmo os adoçantes da sua vida, o que pode ser bem incomodo muitas vezes, por isso, ao introduzir adoçantes em sua rotina procure utilizar quantidades reduzidas e evita-los sempre que possível.

bannerPortal

Gostou do artigo sobre os adoçantes naturais e artificiais? Deixa um comentário aqui embaixo me contando se você consome algum deles ou se prefere o uso de açúcar.

Grande Abraço.

Gustavo Silva.

FONTES DE PESQUISA:

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha com a imagem abaixo * TimLimite de tentativas alcançadas